A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

B - Glossário Temático

Balança Comercial

Resultado das exportações e importações realizadas por um País. Quando as exportações são maiores que as importações registra-se um superávite na balança. O contrário significa défice

Balança de Pagamentos

Levantamento de todo o dinheiro que entra e sai do país. É um conceito mais amplo do que o da Balança Comercial: inclui as remessas de dinheiro para o país feitas por nacionais no exterior e por estrangeiros (sejam empresas ou pessoas físicas), créditos e débitos empréstimos tomados junto a bancos estrangeiros.

Balanço

Documento contabilístico que congrega a informação sobre a totalidade de bens e direitos de uma sociedade (ativo) e a totalidade das suas dívidas e responsabilidades (passivo). 

Baldios

Terrenos sem qualquer cultivo, cujo acesso é público e sobre os quais se torna incerta a noção de propriedade, pelo estado de abandono em que se encontram. 

Banco

Instituição que recebe dinheiro de uns agentes económicos, pagando-lhes uma remuneração – taxa de juro passiva -, para o emprestar a outros, cobrando a estes uma outra taxa de juro, a ativa. 

Banco Central

É uma instituição financeira que tem como desígnio gerir a política económica de uma país ou região, podendo ser dependente ou independente do Estado. As funções principais são a estabilidade cambial a regulação e supervisão da atividade bancária e a definição da política monetária. 

Banco Central Europeu

Autoridade máxima da política monetária da zona Euro que exerce a função central de determinação da política monetária da União Económica e Monetária. Tem como principal função a manutenção da estabilidade de preços decidindo o valor da taxa de juro de referência, entre outras medidas de política monetária. É presidido atualmente pelo francês Jean-Claude Trichet

Banco Mundial

É o nome pelo qual é mais conhecido o Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), uma instituição financeira ligada à ONU e criada em 1944. O objetivo inicial do Banco Mundial era ajudar na recuperação dos países europeus cuja economia havia sido aniquilada pela Segunda Guerra Mundial. Atualmente, o Banco Mundial tem como objetivos principais o combate à pobreza e a melhoria nas condições de vida em todo o mundo. O número de países-membros é de 181. 

Beneficiário

Pessoa singular ou coletiva designada na apólice pelo tomador de seguro, ou contratante, como titular do direito à indemnização / prestação (em dinheiro, espécie ou serviço) a que haja lugar em caso de verificação do risco coberto.

Beneficiário Interventor (com aceitação de benefício ou aceitante)

Beneficiário, mas tendo poderes de intervenção no contrato, dado possuir interesses no mesmo. É necessária a sua autorização sempre que o tomador de seguro pretenda fazer alterações que possam prejudicar esse interesse, como por exemplo, a alteração da cláusula de beneficiário, alteração do capital, anulação da apólice ou outras.

Benefícios Fiscais

Isenções, reduções de taxas, deduções à matéria coletável, amortizações, reintegrações e outras medidas fiscais de idêntica natureza. São cada vez menores.

Benfeitorias

Consistem nas despesas efetuadas para conservar ou melhorar uma determinada coisa. As benfeitorias são necessárias (quando têm como fim evitar a perda, destruição ou deterioração da coisa), úteis (não são indispensáveis, mas aumentam o valor da coisa) ou voluptuárias (não são indispensáveis, nem aumentam o valor da coisa, servem apenas para recreio dobenfeitorizante). 

Bilateral

O contrato de seguro é um contrato bilateral porque resulta de um acordo entre duas partes.

Boa-fé

Princípio básico, consagrado na lei, que enforma todos os contratos, que obriga as partes a agir entre si com a máxima honestidade, não interpretando arbitrariamente os termos da apólice nem a declaração do risco e/ou as condições de qualquer sinistro. “Toda a declaração inexata, assim como toda a reticência de factos ou circunstâncias pelo tomador e que poderiam ter feito influir sobre a existência ou condições do contrato, tomam o seguro nulo”; (art.º 429.º do código comercial)

Bolha Especulativa

Subida do preço dos ativos numa indústria, matéria prima ou classe de ativos de forma exagerada. Tem origem em elevadas expectativas futuras de crescimento, aos quais se segue muita procura por novos investidores, após o pico terminam em grande queda, espalhando o pânico pelos investidores. 

Bolsa de Terrenos

É um mecanismo de conservação de terrenos na posse da administração pública que permite desenvolver uma política de gestão fundiária de transação tendo em vista trocas, vendas, compras, regularização de preços de terrenos e minimização de custos de urbanização.

Bonificação

O mesmo que bónus. Redução do prémio inicial ou de renovação do contrato de seguro, verificadas que foram determinadas circunstâncias fixadas na apólice, nomeadamente a ausência de sinistros.

Bónus

O mesmo que bonificação. Redução percentual no prémio puro, por ausência de sinistros (por exemplo, no ramo automóvel). Os prémios são reduzidos ou bonificados consoante o comportamento da sinistralidade da apólice, nos termos de regras previamente estabelecidas.

Boom

Termo inglês que traduz um crescimento súbito muito acentuado. Diz-se que houve um boom nas ações quando os seus preços aumentaram rapidamente para valores muito acima dos anteriores, acompanhados de aumento do volume de transações

Break Even Point

Ponto de equilíbrio, em português. É o empate entre despesas e receitas de uma empresa. Receita maior que a despesa significa que a companhia tem lucro. Abaixo, é prejuízo. O termo também se aplica a cotações de ações e outros ativos. Com cotações superiores ao Break Even Point o investidor ganha; com valores inferiores, perde. 

BRICS

BRICS é um acrónimo que se refere aos países membros fundadores (Brasil, Rússia, Índia e China) e à África do Sul, que juntos formam um grupo político de cooperação. Os membros fundadores e a África do Sul estão todos num estágio similar de mercado emergente, devido ao seu acelerado desenvolvimento económico. Apesar do grupo ainda não ser um bloco económico ou uma associação de comércio formal, como no caso da União Europeia, existem fortes indícios de que os BRICS procuram formar um "clube político" ou uma "aliança", e assim converter o seu crescente poder económico numa maior influência geopolítica global.

Broker

Palavra inglesa que significa intermediário especializado na compra e venda de uma determinada categoria de bens, geralmente aplicações financeiras tais como ações, em mercado próprio, cobrando, por esse efeito, uma comissão que geralmente representa uma percentagem do montante de cada negócio efetuado. É alguém que faz da sua profissão a compra e venda, por conta de terceiros (os seus Clientes), de bens num mercado onde possui uma posição privilegiada. Um broker é um corretor e também faz o serviço de aconselhamento ao Cliente.